UNIPAZ - Universidade Internacional da Paz | Universidade Holística Internacional | Campus Rio de Janeiro


pontifexNORMAS PARA PUBLICAÇÃO - Revista Pontifex: ciência, filosofia, arte e tradições sapienciais


seta PROJETO E POLÍTICA EDITORIAL
Revista Pontifex: ciência, filosofia, arte e tradições sapienciais publica artigos analíticos, resenhas críticas, edita debates e entrevistas.

Toda submissão do manuscrito à revista está condicionada à avaliação dos editores e pareceristas mediante ao atendimento às normas descritas abaixo:

seta FORMA E PREPARAÇÃO DE MANUSCRITOS

:: SEÇÕES
Artigos — textos analíticos ou de revisão resultantes de pesquisas originais teóricas ou de campo referentes a temas de interesse para a revista (até sete mil palavras).

Debates — conjunto de textos sobre temas atuais propostos pelos editores ou por colaboradores e debatidos por profissionais de referência, que expõem suas contribuições (Texto de abertura: até seis mil palavras; textos dos debatedores: até mil palavras; réplica: até mil palavras.).

Entrevistas — depoimentos de pessoas cujas histórias de vida ou realizações profissionais sejam relevantes para as áreas de abrangência da revista (até sete mil palavras).

Resenhas — produção de resenhas críticas a respeito de livros e publicações lançados no Brasil ou exterior (até três mil palavras). Observação: Os tópicos título, resumo e palavras-chave não devem ser incluídos da contagem de palavras do texto. 

seta SUBMISSÃO DE ORIGINAIS

Revista Pontifex: ciência, filosofia, arte e tradições sapienciais aceita colaborações em português, inglês e francês para todas as seções.  Só serão aceitos trabalhos inéditos.

Os originais devem ser digitados em Word, fonte Arial 12, respeitando o limite máximo de palavras definido por seção da revista. Todos os originais submetidos à publicação devem dispor de resumo e palavras-chave alusivas à temática (com exceção das seções Resenhas e Entrevistas).

:: Folha de rosto - Devem constar:
- Título (em português, frances e inglês) e dados dos autores com as informações na seguinte ordem:
- Autor principal: formação e vínculo institucional. Endereço completo para correspondência, telefones de contato, e-mail.
- Co-autores: formação e vínculo institucional. Email.
- Não havendo vínculo institucional, informar a atividade profissional. A titulação dos autores não deve ser informada. - -
- Serão aceitos até 6 autores por manuscrito.
- Nota de rodapé - deve ser informado o ineditismo do manuscrito e sua origem (resultado de dissertação de mestrado, tese de doutorado, projetos de pesquisa, trabalhos de conclusão de curso). Caso o manuscrito tenha se originado de um projeto submetido à comitês de éticas, favor, informar o número do processo e a instituição.

:: Folhas seguintes - Devem constar:
- Resumo - até 150 palavras e no máximo 5 (cinco) palavras-chave. Na contagem de palavras do resumo, excluem-se título e palavras-chave.
- Introdução – deve fornecer informação suficiente para que este possa entender o contexto da pesquisa, a concepção do estudo, o referencial teórico e os objetivos. Ao concluir a leitura da Introdução, o leitor deverá ter clareza acerca de qual foi o problema que motivou o estudo e como que o autor se propôs a resolvê-lo. Conclua a introdução apresentando seus objetivos que foram desenvolvidos.
- Metodologia - Esta seção deve conter uma descrição detalhada do recorte metodológico, técnicas utilizadas para as análises, além das informações sobre como, onde e quando foi realizada a pesquisa.
- Resultados e discussão – aspectos relevantes e centrais da pesquisa discutidos à luz do referencial Teórico escolhido.
- Conclusão – retomada dos achados mais relevantes de forma resumida, apontando para as lacunas do estudo e futuras contribuições.
OBS: As notas de rodapé deverão ser numeradas, sucintas, usadas somente quando necessário.
A) Citações - referências no texto devem subordinar-se à forma:
1 - Autor, ano, página, em caixa baixa (apenas a primeira letra do sobrenome do autor em caixa alta) conforme o exemplo: "...e criar as condições para a construção de conhecimentos de forma colaborativa (Wiel, 2001, p. 31).
Casos específicos:
2 - Citações literais de até três linhas: entre aspas, sem destaque em itálico e, em seguida, entre parênteses (Sobrenome do autor, data, p.xx, sem espaço entre o ponto e o número). Ponto final depois dos parênteses.
3 - Citações literais de mais de três linhas: em parágrafo destacado do texto (um enter antes e um depois), com 4 cm de recuo à esquerda, em espaço simples, fonte menor que a utilizada no texto, sem aspas, sem itálico, terminando na margem direita do texto. Em seguida, entre parênteses: (Sobrenome do autor, data, página).
OBS: em citações, os parênteses só aparecem para indicar a autoria. Para indicar fragmento de citação utilizar colchete: Ex: [...] o estudo da transdisciplinaridade [...] (Nicolescu, 2008, p.56).
4 – Casos específicos:
4.1 - Vários autores citados em sequência: do mais recente para o mais antigo, separados por ponto e vírgula: (Pedra, 1997; Torres, 1995; Saviani, 1994).
4.2 - Textos com dois autores: Wiel e Crema, 2002.
4.3 - Textos com três autores: Gotswami, Weil e Crema, 2000.
4.4 - Textos com mais de três autores: Crema et al., 2000.
4.5 - Documentos do mesmo autor publicados no mesmo ano: acrescentar letras minúsculas, em ordem alfabética, após a data e sem espaçamento (Deslandes, 1987a, 1987b).

B) REFERÊNCIAS
Todos os autores citados no texto devem constar das referências listadas ao final do manuscrito, em ordem alfabética, seguindo normas adaptadas da ABNT (NBR 6023/2002). Exemplos:
1 - LIVROS: CAMPOS, G.W.S. Saúde Paidéia. São Paulo: Hucitec, 2003.
OBS1: Título sempre destacado em negrito; sub-título, não. Sem indicação do número de páginas. A segunda e demais referências de um mesmo autor (ou autores) devem ser substituídas por um traço sublinear (seis espaços) e ponto, sempre da mais recente para a mais antiga. Se mudar de página, é preciso repetir o nome do autor. Se for o mesmo autor, mas com colaboradores, não vale o travessão. Ex: Freire, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 27.ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2003. (Coleção Leitura). ______. Extensão ou comunicação? 10.ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.
OBS2: Dois ou três autores, separar com ponto e vírgula; mais de três autores, indicar o primeiro autor, acrescentando-se a expressão et al.
2 - CAPÍTULOS DE LIVRO: DESLANDES, S.F. O cuidado como valor e ethos da prática em saúde. In: PINHEIRO, R.; MATTOS, R.A. (Orgs.). Razões públicas para a integralidade em saúde: o cuidado como valor. Rio de Janeiro: IMS/UERJ/CEPESC/Abrasco, 2007. p.385-96.
OBS3: Apenas o título do livro é destacado, em negrito. Obrigatório indicar, ao final, a página inicial e final do capítulo citado.

(photoshop ou corel draw).

seta ANÁLISE E APROVAÇÃO DOS ORIGINAIS

Todo texto enviado para publicação será submetido a uma pré-avaliação inicial, pelo Corpo Editorial. Uma vez aprovado, será encaminhado à revisão por pares. O material será devolvido ao(s) autor(es), caso os relatores sugiram mudanças e/ou correções. Em caso de divergência de pareceres, o texto será encaminhado a um terceiro relator, para arbitragem. A decisão final sobre o mérito do trabalho é de responsabilidade do Corpo Editorial (editores e editores associados).

A publicação do trabalho implica a cessão integral dos direitos autorais à Revista Pontifex: ciência, filosofia, arte e tradições sapienciais. Não é permitida a reprodução parcial ou total de artigos e matérias publicadas, sem a prévia autorização dos editores.